Buscar
  • Maria Helena Rodrigues

EIS UM HITLER! QUE RESSURGE EM FORMATO MICROSCÓPICO

Passei a fazer parte da estatística de “covidados” contaminados – o vírus conseguiu burlar minha vigilância, teve o topete de se instalar confortavelmente dentro do meu lar e abocanhou minha família.

No entanto, sou grata a Deus por ter vencido essa batalha, embora com algumas dificuldades... Houve uma noite fatídica que se revelou um pesadelo de tosse ininterrupta e quase me tirou o fôlego de respirar. Minha cara metade, expulso do quarto na véspera para o outro ao lado (logicamente por medidas de segurança), sequer pestanejou, mal sabia ele que talvez estivesse na eminência de entrar em uma viuvez antes do nosso combinado.

Sobrevivi com meus dois pulmões um tanto comprometidos, embora não seja fumante, mas esse estágio também vai passar. Tenho observado, em pessoas próximas, que o individuozinho tem se manifestado de forma mais amena, será que está perdendo a força? Nem é interessante falar para não despertar a ira e ego desse ínfimo Hitler.

Acompanhe meu pensamento. Esse vírus possui uma egolatria absurda e acredita ser o mais poderoso do planeta, mesmo sendo microscópico, o estrago que está fazendo é colossal. Detém uma personalidade forte, irreverente, autoritária, temperamental e, ainda, sem um padrão de comportamento para ser vigiado. O talzinho consegue agredir e mirar as fraquezas do ser humano: a saúde física e moral, suas dores, seus amores, falta de recursos financeiros e, muitas vezes, até a esperança e a dignidade.

Com uma conduta temível e insolente esse hitlerzinho dispõe de uma persistência desmensurada. Os mais visados, na sua lente destruidora, são pessoas com idade mais avançada e problemas de saúde. Creio que almeja um planeta jovem, saudável e perfeito. Lembra alguém?



0 visualização0 comentário